<%@LANGUAGE=VBScript%> <% Option Explicit Response.Expires = 0 '''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''' ' Alimento Seguro/PopupNoticias ' Descrição: Mostra em janela popup a notícia escolhida ' Autor: Juliano Keller Dal Pont ' E-mail: julianokdp@hotmail.com ' Escrito: 21/02/2003 ' Modificado: '''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''''' ''''''''''''''''''''''' 'Variaveis de dados ''''''''''''''''''''''' Dim NSerie 'Número de serie da notícia Dim NData 'String com a data da notícia Dim NTitulo 'String com o Titulo da Noticia Dim NAssunto 'String com o Assunto da Noticia Dim NChamada 'String com a chamada da Noticia NSerie = Request.QueryString("id") '''''''''''''''''''''' 'Outras variaveis '''''''''''''''''''''' Dim oCon, oRS 'Variavel de abertura do banco de dados Dim objFS, objFile 'Variavel de abertura do arquivo %> <% If NSerie <> "" Then Set oCon = Server.CreateObject("ADODB.Connection") oCon.Open "DRIVER={Microsoft Access Driver (*.mdb)};DBQ=" & Server.MapPath("dados/database.mdb") Set oRS = oCon.Execute("SELECT * FROM Noticias WHERE serie="&NSerie) If oRS.EOF <> True Then NData = oRS("data") NTitulo = oRS("titulo") NAssunto = oRS("Assunto") End If End If oCon.Close Set oRS = Nothing Set oCon = Nothing %> .: Segurança Alimentar :.
Imprimir Enviar
 
20) O que é aspartame?

O aspartame é um adoçante artificial composto por duas moléculas de aminoácidos: ácido aspártico e fenilalanina. A união de vários aminoácidos forma proteínas e podemos encontrá-los em alimentos como vegetais, carnes, leites e ovos. Nestes alimentos, os aminoácidos ácido aspártico e fenilalanina, são encontrados separadamente. Para se obter o aspartame, estas moléculas são unidas em laboratório, sendo, portanto, considerado um edulcorante artificial. Contudo, quando ingerimos o aspartame, o organismo identifica facilmente as moléculas, absorvendo e metabolizando-as.
O Aspartame é 200 vezes mais doce que o açúcar e apresenta uma I.D.A. (Ingestão Diária Admissível) de 40 mg/kg de peso corpóreo. Ex: uma pessoa que pesa 60 kg pode consumir 2400 mg.
| fechar |
Esta informação faz parte do site "Segurança Alimentar"
http://www.segurancaalimentar.ufrgs.br